terça-feira, 15 de agosto de 2017

When does a "Mo Gun" become your home? (Quando um "Mo Gun" se torna sua casa?)

Na época em que esta foto foi tirada, meu Si Fu para mim representava excelência em todos os sentidos. Ele era inteligente, infalível e por que não imbatível? Ele parecia não precisar descansar , estava sempre com a energia no máximo e tratando todos com muito carinho. Quando a concentração dos presentes parecia estar se desligando aos poucos, a dele insinuava que estava apenas começando. Ele parecia uma entidade sempre presente no Mo Gun. Minha admiração não diminuiu, mas hoje conheço seu lado humano bem mais.
E exatamente naquele ano de 2003 , pouco meses depois da foto acima ter sido tirada, me peguei nervoso numa manhã de Sábado para lhe fazer um pedido. E por eu ser um simples praticante, na maioria das vezes um problema para a Família Kung Fu, achei que recusaria o pedido: "Eu queria saber se posso dormir no Mo Gun de hoje pra amanhã e de Domingo para Segunda?"

By the time this photo was taken, my Si Fu for me represented excellence in every way. He was intelligent, infallible and why not unbeatable? He seemed not to need rest, he was always full of energy and treating everyone with great affection. When the presente people seemed to be slowly turning off, his hinting that it was just beginning.
He looked like an ever-present Mo Gun entity. My admiration has not diminished, but today I know his  human side much more.
And exactly in that year 2003, a few months after the photo above was taken, I got nervous on a Saturday morning to ask him. And because I was a simple practitioner, most of times a problematic boy for the Kung Fu Family, I thought he would refuse the request: "I wanted to know if I could sleep in  Mo Gun untill tomorrow and Sunday to Monday?"
 No primeiro Núcleo dirigido por Si Fu , o Núcleo Tindiba em Jacarepagua, foi onde me matriculei acompanhado de minha mãe. Si Fu nos atendeu e fez todos os procedimentos. Eu estava bem empolgado, e perguntei se podia chegar mais cedo para praticar antes do meu horário. Como se não bastasse, ele comentou sobre o Mo Gun ser considerado a casa do membro da Família Kung Fu, e que em breve, como membro, eu mesmo poderia ter uma chave do local e abri-lo.
Ao sair de lá, minha mãe me proibiu de pegar as chaves- "Imagina se sumir alguma coisa e pensarem que foi você? - Disse ela.

 In the first school directed by Si Fu, on Tindiba Road in Jacarepagua, was where I enrolled with my mother. Si Fu  did all the procedures. I was very excited, and I asked if I could get there early to practice before my schedule. As if that were not enough, he commented on the Mo Gun being considered the home of the Kung Fu Family member, and that soon, as a member, I might even have a key to the room and open it.
When I left, my mother forbade me to take the keys- "Imagine if something disappears and they think it was you?" She said.

De volta a 2003, Si Fu me autorizou a dormir no Mo Gun. Eu ainda não tinha as chaves , mas ele me emprestou as dele. Expliquei o que pretendia fazer, uma homenagem e precisava de espaço para desenhar, pois usaria os chamados "papéis 40Kg". Ele me explicou o funcionamento do alarme, e sem querer dispará-lo, passei a madrugada toda desenhando confinado na recepção, onde o alarme não chegava. Fazia calor, e quando vi estava só de shorts, quando ouvi alguém abrir a porta no meio da madrugada! Me preparei para um invasor, o coração pareceu vir na boca, e de todos os filmes que assisti até meus 19 anos nada tinha me preparado para aquilo. E morrer com um short curto da Adidas não seria nada legal. Porém, era só o Xavier, ele sim tinh as chaves , e passou com sua bicicleta para descansar e beber água.
Aquilo me tocou, pois para mim que só frequentava o Mo Gun nos horários que tinha minha prática, achei curiosa a ação do Xavier. Ainda que perigosa por ser de madrugada, me espantei com o livre acesso que ele tinha e eu não apesar de termos começado juntos.

Back in 2003, Si Fu allowed me to sleep in the Mo Gun. I still did not have the keys, but he lent me his keys. I explained what I intended to do, a kind of tribute and needed space to draw, because I would use the so-called "40Kg papers". He explained the operation of the alarm, and without wanting to shoot it, I spent the whole dawn drawing in the reception, where the alarm did not get me. It was hot, and when I saw I was wearing only an adidas shorts when I heard someone opening the door in the middle of the night! I prepared for an invader, my heart seemed to come in the mouth, and of all the movies I watched until I was 19, nothing had prepared me for that. And dying with an Adidas  shorts would not be cool. But it was only Xavier, my KF Brother ,he did have the keys, and he rode his bike to rest and drink water.
That touched me, because for me who only attended the Mo Gun in the hours that had my practice, I found curious the action of Xavier. Although dangerous for being at dawn, I was amazed at the free access he had and I did not even though we started together.

Os anos se passaram, e em 2007 quando fiz meu Baai Si, Si Gung me presenteou com esse chaveiro da foto acima dizendo: " Guarde para quando tiver o seu Mo Gun". Deixei ele guardado até 2011 quando pude finalmente encaixar as chaves da sala no Méier. Foi um momento bem emocionante. Eu não só já tinha as chaves do Mo Gun do meu Si Fu, mas as chaves do meu próprio Mo Gun.
Como símbolo de gratidão, mais tarde dei de presente essa chave com o chaveiro a uma pessoa que muito me apoiou nessa jornada. Como já era de se esperar, a pessoa entendeu a importância.

The years passed by, and in 2007 when I did my Baai Si, Si Gung presented me with this keyring from the photo above saying "Save for when you have your Mo Gun." I left it guarded until 2011 when I could finally fit the room keys in Méier. It was a very exciting time. I not only already had the Mo Gun keys from my Si Fu, but the keys to my own Mo Gun.
As a token of gratitude, I later gave this key with the keyring to a person who supported me on this journey. As expected, the person understood the importance.

Antes de termos a sala do Núcleo Méier, ficamos sem um Mo Gun propriamente dito. Usamos escritórios, terraços das casas dos praticantes e até mesmo as salas de estar de suas casas. Todo esse apoio magnífico ajudou profundamente os primeiros dias do Méier. De todos estes locais, o que mais se consolidou foi a garagem de Felipe Mury (que é o primeiro da esquerda para a direita). Em casos assim, podemos chamar estes locais que não se configuram num "Mo Gun" , podemos chamar de "Wui Gun".
Dentro dos potenciais de um Mo Gun, está o fato de apropriar-se dele como se fosse sua casa, em locais como a garagem do Mury, não poderíamos apropriar-nos de sua casa como se fosse nossa, mas poderíamos tomá-la como ponto de encontro e explorar seus potenciais.

Before we got to the Méier school , we were without a Mo Gun itself. We use offices, terraces of practitioners' homes, and even the living rooms of their homes. All this magnificent support profoundly helped the early days of Méier. Of all these places, the most consolidated was the garage of Felipe Mury (who is the first from left to right). In such cases, we can call these locations that do not fit into a "Mo Gun", we can call "Hui Gun".
Within the potentials of a Mo Gun is the fact of appropriating it as if it were one´s home, in places like the Mury's garage, we could not take ownership of his house as if it were ours, but we could take it as a point for meetings and explore your potential.

A foto acima, muito emblemática para mim, mostra Jade Camacho, filha mais velha de Si Fu pintando as primeiras cadeiras do Sam Toi do Mo Gun no Méier, e que hoje estão dispostas na minha residência . Enquanto Luciano Freitas pratica mais a frente.
O equilíbrio que essa foto passa mostra bem o espírito de um Mo Gun, onde os membros da Família Kung Fu e , aqueles interessados em ajudar, são capazes de fazer coisas que não fariam nem em suas próprias casas.

The above picture,is very emblematic for me, shows Jade Camacho, Si Fu's eldest daughter painting the first chairs of Sam Toi of  Mo Gun at Meier, and which are now arranged in my residence. While Luciano Freitas practices further ahead.
The balance of this picture shows well the spirit of a Mo Gun, where members of the Kung Fu Family, and those interested in helping, are able to do things they would not do even in their own homes.


Outro momento curioso, foi quando trouxe a mesa de vidro do Núcleo Méier desde o Núcleo Copacabana, onde estava guardada, num carro com a documentação vencida. Estava a 24h da primeira visita de Si Gung ao Núcleo Meier. Com apenas quatro membros naquele período, coube a mim pintar a parede da recepção, após ligar dezenas de vezes para Thiago Silva, que já tinha experiência por ter feito o mesmo na Barra. Fiquei radiante quando consegui!
No dia seguinte, Mury me ajudou a instalar a mesa, e tudo deu certo.

Another curious moment was when I brought the glass table for the Meier School from the Copacabana School, where it was stored, in a car with the documentation expired. It was 24 hours before Si Gung's first visit to the Meier School. With only four members at that time, it was up to me to paint the reception wall, after calling dozens of times for Thiago Silva, who already had experience for having done the same in Barra School. I was thrilled when I did it!
The next day Mury helped me set up the table, and it worked.

Por tudo que você vive dentro de um Mo Gun, e do tempo que você fica lá. Chega um dia muito especial: O dia em que você tenta enfiar a chave da sua casa na fechadura do Mo Gun. Você demora a entender que não é a chave certa, e não se dá conta disso por alguns segundos. Finalmente, abre um meio sorriso e percebe que o Mo Gun passara a ser também sua casa e você nem se deu conta disso.

For everything you live inside a Mo Gun, and the time you stay there. A very special day arrives: The day you try to stick your house key in the lock of the Mo Gun. You are slow to understand that it is not the right key, and you do not realize it for a few seconds. Finally, you opens a half smile and realizes that the Mo Gun had become your home too, and you did not even notice it.


 
The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Kung Fu Family Saturday Night! (Noite de Sábado com a Família Kung Fu!)

(Na foto acima , todos os presentes da Família Kung Fu 
naquela noite de Sábado num momento de descontração!)
(Above, everyone from the Kung Fu Family present at that Saturday night having some fun!)

Era uma noite de Sábado,tive um contratempo  e já na entrada do local em que havíamos marcado, resolvi ligar para o Iuri , que levava Si Fu em seu carro, avisando que precisaria me ausentar. Si Fu pegou o telefone e prometi que voltaria para o jantar. Ele sabia que eu não voltaria, e no fundo, eu também. Não porque eu não tenha palavra, mas não era algo fácil de resolver. Assim, resolvi ficar, pois ponderei um pouco e vi que não resolveria muita coisa mesmo naquele momento.


It was a Saturday night, some small setbacks were happening, and at the entrance to the place where I would meet Si Fu and the others, I decided to call Iuri, who was driving Si Fu in his car, warning that I would have to leave. Si Fu picked up the phone and I promised to come back for dinner. He knew I would not go back, and turned off the phone, so did I. Not because I did not have a word, but it was not something easy to solve. So I decided to stay, because I pondered a little and saw that my presence where the problem was would not solve much
(Maria Alice em primeiro plano observa Si Fu que caminha ladeado por seus To Dai, 
filha e companheira ao final da atividade)

(Maria Alice in the foreground observes Si Fu who walks flanked by his To Dai,
Daughter and girlfriend at the end of the activity)

.
Acredito ao longo desses 18 anos no Mo Lam, que nos momentos em que preferi não ir para o Mo Gun ou me afastar de alguma forma e mudei de ideia, foram exatamente alguns dos grandes momentos. E naquela noite, não foi diferente.

I believe over those 18 years inside Mo Lam, that in the moments when I chose not to go to the Mo Gun or to get away in some way and changed my mind, it was exactly some of the great moments. And that night, it was no different.
(Iuri , Clayton, Camachinho e eu em um momento de descontração no Escape '60 na Barra da Tijuca) 
(Iuri, Clayton, Little Camacho and I in a moment of relaxation in Escape '60 in Barra da Tijuca)

Com alguns dos meus mais queridos irmãos Kung Fu e com o próprio Si Fu, nos encontramos num local chamado "Escape 60". Trata-se de um jogo para grupos, no qual você escolhe uma sala com um determinado tema e precisa escapar dela em 60 minutos. Acontece, que isso só funciona se você trabalhar em grupo. Confesso que a sala com o tema do filme "Alien" me deixou curioso, mas por conta da Camachinho, Si Fu preferiu ir em algo mais neutro e escolhemos espionagem.
Foi muito interessante ver o comportamento de cada um, incluindo o meu próprio. Como que a passagem do tempo e a iminência de não conseguirmos sair a tempo, foi aumentando o stress.
De todos os participantes com exceção do Si Fu e sua filha, quem mais me chamou a atenção positivamente foi o meu irmão Kung Fu e discípulo assim como eu, Iuri Alvarenga.
Iuri parecia calmo durante todo o tempo e vez ou outra, surgia um meio sorriso em seu rosto quando avistava alguma cena engraçada de um dos particpantes. Iuri chegou ao ponto de , em determinado momento, parar e ficar sentado sem nada fazer. Quando indagado no jantar que aconteceu depois , simplesmente disse algo como: "...Eu achei que já tinha muita gente fazendo e eu ajudaria mais se não fizesse nada..."

With some of my dearest Kung Fu brothers and Si Fu himself, we met at a place called "Escape 60". This is a group game in which you choose a room with a certain theme and you need to escape it in 60 minutes. It turns out, this only works if you work in a group. I confess that the room with the theme of the movie "Alien" made me curious, but because of Camachinho (Si Fu´s daughter Julia), Si Fu preferred to go into something more neutral and chose espionage.
It was very interesting to see the behavior of each one, including my own. As the passage of time and the imminence of not being able to get out in time, it increased stress.

Of all the participants except for Si Fu and his daughter, the one who attracted my attention most positively was my brother Kung Fu  Iuri Alvarenga.

Iuri seemed calm all the time and occasionally, a half smile would appear on his face when he saw some funny scene of one of the participants. Iuri got to the point where, at a certain moment, he would stop and sit and do nothing. When asked about at the dinner what happened afterwards, he simply said something like: "... I thought there were already a lot of people doing it and I would help more if I did nothing ..."
Si Fu posa ao lado de sua filha Julia Camacho.
(Si Fu with his daughter Julia Camacho)

(Almoço com Si Fu ao final do dia inteiro de atividades no Núcleo Barra na manhã seguinte)
(Lunch with Si Fu at the end of the whole day of activities in the Barra School next day)

Essa atividade não era por acaso. Pouco tempo depois me encontrei com Si Fu por volta das 6:30am em sua residência numa manhã de Domingo, para tomarmos café juntos e fazer uma reunião. A razão disso, era que uma hora depois estaríamos com meu irmão Kung Fu Fabiano Silva, para prepararmos durante todo o dia, uma aula especial de Ving Tsun Experience, para um grupo de empresárias que decidira usar o Ving Tsun Experience em trabalhos envolvendo dinamicas de diferentes tipos com executivos e empresas no estado do Rio de Janeiro.
Ainda no café, Si Fu me comunicou que eu conduziria o trabalho.

This activity was no accident. Next morning I met Si Fu at about 6:30 am at his residence  to have breakfast together and hold a meeting. The reason was that an hour later we would be with my brother Kung Fu Fabiano Silva, to prepare a special Ving Tsun Experience class for a group of businesswomen who had decided to use the Ving Tsun Experience in works involving dynamics of Different types with executives and companies in the state of Rio de Janeiro.
Still at the breakfast, Si Fu informed me that I would conduct the work.
(Demonstração numa Ordem Esotérica no bairro do Cachambi, no Grande Méier: Na foto, apareço auxiliando Si Fu . Ao fundo, é possível avistar Guilherme, que um mês depois, começaria a praticar na chamada "Unidade Méier" na época. )

(Demonstration in an Esoteric Order in the district of Cachambi, Grande Méier: In the photo, I appear assisting Si Fu. In the background, it is possible to see Guilherme, who a month later would begin practicing in the so-called "MYVT Méier Studio" at the time.)

Eu não fiquei nervoso ou ansioso com a missão dada por Si Fu, pois dez anos antes, o acompanhei em todas as palestras que ele promoveu na cidade do Rio de Janeiro para a divulgação do Ving Tsun na Zona Sul, Barra e Méier.  Em uma delas, num centro de Astrologia no Recreio, subindo as escadas com ele, ouvi enquanto ele passou o braço por trás do meu pescoço dando alguns tapinhas em meu ombro: "E aí? Você consegue dar a palestra hoje?" - Pela minha reação, ele viu que eu não estava preparado, e pediu que dali em diante eu sempre estivesse.

I was not nervous or anxious about the mission given by Si Fu, because ten years before, I accompanied him in all the lectures he promoted in the city of Rio de Janeiro for the release of Ving Tsun in the South and North Zone,of the city. In one of them, at an astrology center in the parking lot, I went up the stairs with him, I heard him as he put his arm around my neck and patted my shoulder: "So, can you give the lecture today?" By my reaction, he saw that I was not prepared, and asked that from then on I would always be.
(Mestre Julio Camacho ao fundo, recebe o "feedback" dos representantes das empresas envolvidas )
(Master Julio Camacho in the background, receives feedback
 from the representatives of the companies involved)

Finalmente quando o dia de apresentar o projeto chegou, conseguimos alcançar nossos objetivos naquela manhã. Toda a preparação havia sido válida. Muito mais do que decorar ou repetir até ficar bom, a prioridade do Si Fu em casos como esse, seguindo o Pensamento Clássico relacionado a estratégia chinesa, é a de acumular potencial se sintonizando com o processo. Desta forma, em momentos em que algo que não foi antecipado acontece, nos é possível ajustar e seguir adiante.
Além de mim e de Fabiano Silva, Claudio Teixeira e Rodrigo Moreira estiveram presentes e auxiliaram no trabalho.
Como eu fui o responsável direto pelo trabalho prático, foi possível para Si Fu ir com uma roupa mais adequada para a reunião ao final da atividade.

Finally, when the day came to present the project, we were able to achieve our goals that morning. All preparation had been valid. Much more than decorating or repeating until it's good, Si Fu's priority in such cases, following the Classical Thinking related to Chinese strategy, is to accumulate potential by attuning to the process. In this way, at times when something that was not anticipated happens, we can adjust and move on.
Besides me and Fabiano Silva, Claudio Teixeira and Rodrigo Moreira were present and assisted in the work.
As I was directly responsible for the practical work, it was possible for Si Fu to wear a more appropriate clothing for the meeting at the end of the activity.
 Você pode ter lido até aqui apenas pensando: "Ei! Agora eu sei que eles saíram numa noite de Sábado juntos. Ok! Legal!"  - Mas não é só isso. Por várias e várias vezes eu marquei uma reunião com Si Fu e comuniquei meu afastamento. Dois, no máximo três dias depois eu aparecia no Mo Gun novamente. Em outras oportunidades, eu simplesmente sentia uma forte vontade de não estar presente, de voltar do meio do caminho, ou tentava me convencer que naquele dia era melhor não ir. Em todas as vezes, como neste Sábado, com ou sem um bom motivo eu decidia estar presente, de seguir adiante , e não me permitia acreditar que não seria importante estar lá onde fosse... Foram alguns dos meus melhores momentos. Porque, quando você decide não desistir, seja do que for, você tem um segundo desafio: Estar presente por inteiro! 
Não deixar sua mente ir para longe. Seja para os problemas, o cansaço ou seja o lá o que for. Também é uma habilidade que pode ser aprendida. "Como?" você me pergunta. Eu poderia dizer o que meu Si Fu me disse em 2002 numa noite qualquer no Mo Gun: "...Com Siu Nim Tau. Muita gente boa já fez muito Siu Nim Tau. É uma forma que vem com a energia de todas estas pessoas. Pode te ajudar..."
Se eu tivesse ido embora naquele Sábado, todos os desdobramentos não teriam acontecido...

You may have read this far just thinking, "Hey, now I know they went out on a Saturday night together! Ok cool." - But was not only that. For several and several times I arranged a meeting with Si Fu and reported I was leaving the Family. Two, or at the most three days later, I'd show up at the Mo Gun again. At other times, I simply felt a strong desire not to be present, to return from the middle of the road, or try to convince myself that on that day it was better not to go. At all times, as on that Saturday, with or without a good reason, I decided to be present, to move on, and I would not allow myself to believe that it would not be important to be anywhere ... It was some of my best moments. Because, when you decide not to give up, whatever it is, you have a second challenge: To be present in full!
Do not let your mind go away. Be it for the problems, the fatigue or whatever. It is also a skill that can be learned. "How?" you ask me. I could tell you what my Si Fu told me in 2002 any night on the Mo Gun: "... With Siu Nim Tau.Many good people have already done a lot Siu Nim Tau trough generations.It's a form that comes with the energy of all these people .It can help you ... "

If I had gone away that Saturday, all developments would not have happened ...



The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com







sábado, 12 de agosto de 2017

Chegou o livro do Mestre Leonardo Reis! (The new book by Master Leonardo Reis!)


Numa manhã de Quinta, fui surpreendido com um presente inesperado: Um exemplar novinho de "Dragões da Tempestade" , livro do Mestre Leonardo Reis, que é meu irmão Kung Fu.
Fiquei muito tocado com a lembrança, pois finalmente com a versão impressa, poderei apreciar esta obra, tão festejada não só entre nossos pares do Círculo Marcial, mas principalmente, por nomes de peso do circuito literário e da blogosfera especializada. Além disso, obviamente me comoveu o carinho do primeiro Mestre de Décima Segunda Geração da Linhagem Moy Yat em toda a América Latina, ao me presentear com sua obra literária.

One Thursday morning I was surprised by an unexpected gift: A brand new copy of "Storm Dragons", a book by Master Leonardo Reis, who is my Kung Fu brother.
I was very touched by the gift, because finally with the printed version, I can appreciate this work, so celebrated not only between our Martial Circle peers, but mainly, by heavy names of the literary circuit and the specialized blogosphere. In addition, I was obviously moved by the affection of the first Master of the Twelfth Generation of the Moy Yat Lineage throughout Latin America, when he gifted me  with his literary work.
Si Fu , que estava presente, fez questão de posar junto conosco para uma foto oficial para registrar o momento em que recebi esse incrível presente(imagem acima): "...Vamos tirar uma foto nós três! Os três escritores!..." - Me convidou Si Fu sorrindo, fazendo referência gentilmente a esta singela página que completou 10 anos em 2017. No caso do próprio Si Fu, sua contribuição escrita se deu ainda no início da década de 2000 com a publicação do primeiro volume da trilogia "Tao do Surf" : "Tao do Surf - Zen e a Arte de Pegar Onda".  Um livro inovador, pois apresentava uma "Perspectiva Kung Fu", expressão cunhada pelo Professor Pei Min Ni da GrandValley University, associada ao Surf. Uma verdadeira quebra de paradigmas já que se trata de um livro escrito por um Mestre de Artes Marciais Chinesas.

Si Fu, who was present, invited us  for an official photo to record the moment when I received this incredible gift (image above): "... Let's take a picture of us three! The three writers! "- Si Fu invited me smiling, referring gently to this simple page that completed 10 years in 2017. In the case of Si Fu himself, his written contribution was still in the early 2000s with the publication of the first volume of the trilogy" Tao of Surf ":" Tao of Surf - Zen and the Art of Surfing ". An innovative book, because it presented a "Perspective Kung Fu", expression coined by Professor Pei Min Ni of GrandValley University, associated to Surf. A true break of paradigms since it is a book written by a Master of Chinese Martial Arts.
(Na foto acima, o registro do dia da Titulação do autor de "Dragões da Tempestade" como Mestre de Ving Tsun. à sua frente, dois dos maiores nomes do Ving Tsun na América Latina: à esquerda, seu próprio Mestre Julio Camacho, e à direita, o Grão-Mestre Leo Imamura. )

(In the photo above, the record of the author of "Storm Dragons" as Master of Ving Tsun in front of him, two of Ving Tsun's greatest names in Latin America's Ving Tsun: on the left, his own Master Julio Camacho, and To the right, Grand Master Leo Imamura.)

A mais de uma década atrás, me recordo de quando numa palestra, meu Si Gung Leo Imamura, falou um pouco sobre sua interpretação naquela época, do nome "Ving Tsun" (詠春). 
Eu não conhecia nada sobre o idioma chinês, então tudo era novidade, por isso, me impressionei quando ele disse, que poderíamos particionar esses dois ideogramas. Desta forma teríamos o ideograma 言  que tem como significado mais emblemático "Falar". E 永 (Ving) que tem como significado mais pontual "Eterno".  Quando juntamos os dois, a pronúncia se mantém Ving(詠).
Sobre o outro ideograma 春(Tsun), seu significado é "Primavera".  Si Gung teria dito então, que "Falar Eternamente" se desdobraria na possibilidade da ideia de "Cantar" e "Primavera" 春(Tsun) portaria o potencial de "renovação" ou de "quebra de paradigmas" já que o velho na primavera, dá lugar ao novo. E , nesse caso, "Cantar para a Primavera"["Ving Tsun" (詠春)] , segundo o que entendi dessa sua explicação, seria a capacidade do praticante desta arte, sempre valorizar e se apoiar na quebra de paradigmas. Como se o "Cantar" nesse caso, fosse um festejo perante a renovação "Primavera".

More than a decade ago, I remember when in a lecture, my Si Gung Leo Imamura, spoke a little about his interpretation at that time, of the name "Ving Tsun" (詠 春).
I did not know anything about the Chinese language at the time, so everything was new, so I was impressed when he said that we could partition these two ideograms. In this way we would have the character 言  that has the most emblematic meaning "To Speak". And 永 (Ving) which has the most punctual meaning "Eternal". When we put the two together, the pronunciation remains Ving (詠).
On the other ideogram 春 (Tsun), its meaning is "Spring".Si Gung would have said something like "Speaking Eternally" would unfold in the possibility of the idea of ​​"Singing" and "Spring" 春 (Tsun) would bring about the potential of "renewal" or "paradigm break" since the old one in the spring, Gives way to the new. And in this case, "Ving Tsun" (詠 春), according to what I understood from this explanation, would be the ability of the practitioner of this art, to always value and rely on the breaking of paradigms. As if the "Sing" in this case, was a celebration before the renewal "Spring."
"O que aconteceria se um livro de fantasia pudesse apresentar um rico universo, absolutamente inédito, mas ao mesmo tempo reunisse o melhor da abordagem mais adulta e realista de Game of Thrones com a ação épica de 300 e a atmosfera inspiradora de heroísmo de O senhor dos Anéis?
E se ele fosse escrito a partir do roteiro de cinema não produzido mais premiado do mundo no gênero, resultando em um estilo revolucionário, no qual você, em vez de se sentir lendo uma grande história, a testemunhasse, como se um filme inesquecível se desenrolasse diante dos seus olhos?...
"

É com esse chamado à aventura, que Mestre Leonardo Reis nos convida para adentrarmos o mundo de "Dragões da Tempestade". E é também neste texto, que observamos uma incrível aptidão para os descendentes do Patriarca Moy Yat, de quebrar paradigmas: "... E se ele fosse escrito a partir do roteiro de cinema... resultando em um estilo revolucionário..." - Sim! Mestre Leonardo Reis, promove um novo estilo de escrita, que passou a ser conhecido no meio literário como "Cinelivro".

 "...What would happen if a fantasy book could present a rich, absolutely unprecedented universe, but at the same time brought together the best of Game of Thrones' most adult and realistic approach to the epic action of 300 and The Lord of the Rings inspiring atmosphere of heroism ?
And if it were written from the world's most prized non-produced film script in the genre, resulting in a revolutionary style, in which you, instead of feeling like reading a great story, witnessed it, as if an unforgettable film unfolded Before your eyes?
... "


It is with this call to adventure that Master Leonardo Reis invites us to enter the world of "Storm Dragons". And it is also in this text that we observe an incredible aptitude for the descendants of Patriarch Moy Yat to break paradigms: "... and if it were written from the screenplay ... resulting in a revolutionary style ..." - Yes! Master Leonardo Reis, promotes a new style of writing, which has come to be known in literary circles as "Cinebook".
Fica o agradecimento pelo presente e a iminência de uma leitura muito divertida que começa hoje.
Ademais,a sempre presente importância de Si Fu sendo uma fonte de inspiração para transformar sonhos em realidade.

I´m grateful for the gift and the imminence of a very entertaining reading that begins today.
In addition, the ever present importance of Si Fu being a source of inspiration to transform dreams into reality.




Para adquirir um exemplar de "Dragões da Tempestade" , você pode encomendar por e-mail diretamente com o autor (leo.reis.sw@gmail.com) . Não deixe de fazer parte da página no Facebook : Clique AQUI

To purchase a copy of "Storm Dragons", you can order by e-mail with the author (leo.reis.sw@gmail.com). Not available to leave part of the page without Facebook: Click HERE


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

REVIEW do filme "Flirting Scholar" de Stephen Chow (Stephen Chow´s Flirting Scholar REVIEW)

(por Thiago Pereira)
(by Thiago Pereira)


Poucos sabem da minha paixão pelo trabalho de Stephen Chow desde que ouvi falar dele a primeira vez em 2004 , quando me foi indicado o fabuloso "Shaolin Soccer"(2002). Recentemente, pude assistir a mais uma de suas controversas comédias entitulada "Flirting Scholar"(Táng Bóhǔ diǎn Qiūxiāng) de 1993.
Para assistir os filmes de Stephen Chow , é necessário muitas vezes ficar atento as suas referências e piadas que são um tanto quanto diferentes, e em filmes como "Flirting Scholar"(1993), piadas bem interessantes , se misturam com um humor que beira quase a inocência.

Few know of about my passion for Stephen Chow's work since I first heard of him in 2004, when I heard for the very first time about the fabulous Shaolin Soccer (2002). Recently, I was able to watch another of his  controversies comedies called "Flirting Scholar" (Táng Bóhǔ diǎn Qiūxiāng) from 1993.
In order to watch Stephen Chow's films, it is often necessary to be attentive as his references and jokes are somewhat different, and in movies like "Flirting Scholar" (1993), very interesting jokes, mix with hum, which borders almost an innocence.

A história: 
The Plot:

Durante a Dinastia Ming, existiam quatro eruditos (Scholars) inigualáveis em toda a China. Eles possuiam habilidades em poesia, pintura e caligrafia sem precedentes. Dentre eles, Tong Pak Fu(Stephen Chow) era o mais habilidoso. E vivia com sua mãe e suas cinco esposas em sua casa.
Acontece, que todas as esposas de Tong Pak Fu(Stephen Chow) eram viciadas em Mah Jong (risos) e transformavam parte de sua casa num salão de jogos e apostas.

During the Ming Dynasty, there were four Scholars unmatched all over China. They possessed unprecedented skills in poetry, painting, and calligraphy. Among them, Tong Pak Fu (Stephen Chow) was the most skilled. And he lived with his mother and his five wives in his house.
It turns out that all the wives of Tong Pak Fu (Stephen Chow) were addicted to Mah Jong (laughs) and turned part of his house in a hall of games and bets.
Certa vez, cansado dessa situação, enquanto viajava com os outros três eruditos (foto) Tong Pak Fu (Stephen Chow) avista seu par romântico no filme, e se apaixona. Ele então decide deixar tudo para trás, e se passar por um sem teto para trabalhar em regime de semi-escravidão na residência da Família Wah para conseguir se aroximar dela, que serve como uma das quatro principais servas da senhora da casa.
Para ser aceito na casa, Tong Pak Fu(Stephen Chow) disputa com outro pretendente quem tem mais desgraças na vida (risos) o que gera uma cena bem divertida, enquanto eles tentam comover as quatro servas com suas histórias tristes..

During a trip with his fellow scholars , Tong Pak Fu (Stephen Chow) sees his romantic partner for the very first time in the film, and falls in love with her. He then decides to leave everything behind, and disguise himself as  a homeless to work in semi-slavery regime at the Wah Family residence to get close to her, who serves as one of the four main maids of the lady of the house.
To be accepted in the house, Tong Pak Fu (Stephen Chow) wrangles with another suitor who has more misfortunes in life (laughs) which creates a very amusing scene, while they try to move the four maids with their sad stories ..

Gong Li em seu auge.
Gong Li at her prime. 

O par romântico de Tong Pak Fu (Stephen Chow) é Chow Heung. Interpretada pela lendária atriz Gong Li. Essa atriz começou sua carreira ao lado do também lendário diretor de filmes como "Herói" (Hero,2002) e "Lanternas Vermelhas" (Dà Hóng Dēnglóng Gāogāo Guà, 1991) Zhang Yi Mou.  Juntos, fizeram não só inúmeras colaborações, mas são considerados os responsáveis por levar o cinema chinês aos circuitos mais restritos do cinema na Europa.
Além de sua habilidade de interpretação, a beleza de Gong Li é considerada algo único no cinema chinês. Por isso, mesmo em um filme tão inocente como "Flirting Scholar"(1993), muitos takes com ela, se tornaram clássicos na história do cinema chinês.
Na cena acima, vemos o momento em que ela olha na direção de Tong Pak Fu(Stephen Chow) na primeira vez que os dois se encontram. Essa virada para a camera se tornara clássica pouco tempo depois.

The romantic couple of Tong Pak Fu (Stephen Chow) is Chow Heung played by Gong Li. The Legendary actress began her career alongside the also legendary director of films such as "Hero" ( 2002) and "Red Lanterns" (Dà Hóng Dēnglóng Gāogāo Guà, 1991) Zhang Yi Mou. Together, they have made not only numerous collaborations, but are considered the ones responsible for bringing Chinese cinema to the most restricted cinema circuits in Europe.
In addition to her ability to interpret, the beauty of Gong Li is considered unique in Chinese cinema. So even in such an innocent film as "Flirting Scholar" (1993), many takes with her have become classics in the history of Chinese cinema.
In the scene above, we see the moment when she looks in the direction of Tong Pak Fu (Stephen Chow) the first time the two meet. This camera shot had become classic shortly thereafter.
Um doce romance.
A sweet romance.

Nos anos 90, o cinema chinês teve uma fase bem ruim, com comédias e mesmo filmes de ação que eram difíceis de gostar quando se tinha mais de 15 anos de idade. Não sei se por conta de admirar tanto o trabalho pioneiro de Stephen Chow, que apresentou um novo tipo de humor ao cinema chinês, ou pelo romance das personagens dele e de Gong Li, acabei sendo cativado por esse filme.
É preciso "desligar o cérebro" por pouco mais de uma hora, e se deixar levar pelas cenas quase patéticas (risos) de Tong Pak Fu (Stephen Chow) tentando conquistar Chow Heung (Gong Li).  E você se percebe sendo levado por esse romance que nunca caberia num filme ocidental.

In the 90s, Chinese cinema had a very bad phase, with comedies and even action movies that were hard to like when you were over 15 years old. I do not know if it is because Stephen Chow's pioneering work, which introduced a new kind of humor to Chinese cinema, or because the romance of his characters and Gong Li, I was captivated by this film.
Tong Pak Fu (Stephen Chow) tries to conquer Chow Heung (Gong Li). You have to "turn off your brain" for just over an hour. And you realize yourself being carried away by this sweet love story that would never fit into a Western movie.
"Flirting Scholar" (1993) é um filme para qualquer pessoa que seja fã de um dos dois atores, que queira melhorar seu humor ou que esteja de tão bom humor que vai achar graça das cenas (risos). De toda forma, um filme charmoso, com cenas inacreditáveis como a batalha de versos de Tong Pak Fu (Stephen Chow) contra o erudito da Família rival e toda a sequência do casamento.
Outro ponto curioso, é a quantidade de atores consagrados presentes nesse filme. Mesmo Gong Li, havia acabado de receber uma premiação em Veneza no ano anterior por mais uma parceria com Zhang Yi Mou.

"Flirting Scholar" (1993) is a movie for anyone who is a fan of one of two actors, or for someone who wants to improve his mood or someone who is in such a good mood that he will enjoy the scenes (laughs). Anyway, a charming film, with unbelievable scenes like the battle of verses of Tong Pak Fu (Stephen Chow) against the scholar of the rival Family and the whole sequence of the marriage.
Another curious point is the number of consecrated actors present in this film. Even Gong Li had just received an award in Venice the previous year for another partnership with Zhang Yi Mou.
Acompanhe abaixo, o trailer de mais esse trabalho inesquecível de Stephen Chow! E não me culpe se não gostar! (risos)

Follow below, the trailer for more of this unforgettable work of Stephen Chow! And do not blame me if you do not like it! (laughs)

FLIRTING SCHOLAR  (Táng Bóhǔ diǎn Qiūxiāng 唐伯虎點秋香 ,1993) 
ESTRELANDO STEPHEN CHOW E GONG LI.
(trailer):




quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Having fun with Kung Fu Family in SP

(Imagem do divertido almoço na residência da Si Suk Maria Cristina . 
Da esquerda para direita: Hermano, Bruna, Cris, Navarro, eu e Fabio Matsushita. Todos meus Si Suk e membros vitalícios da Família Moy Yat Sang)

(Image of the fun lunch at Si Suk Maria Cristina's residence.
From left to right: Hermano, Bruna, Cris, Navarro, myself and Fabio Matsushita. All my Si Suk and lifetime members of the Moy Yat Sang Family)

Apesar do sol , estava uma manhã fria quando o telefone da Casa dos Discípulos tocou. De um salto, desci as escadas correndo, mas não foi o suficiente para atender. Finalmente de volta  ao quarto, onde Si Suk Navarro ainda despertava, o telefone tocou novamente. Era Si gung, e ele nos pediu que escoltássemos seu pai até um determinado compromisso naquela manhã.
Como eu tinha alguns compromissos de trabalho externos ao Ving Tsun, fiquei na Casa dos Discípulos, já que o Si Suk Navarro disse que minha presença não era indispensável  . Naquele dia, estava combinado de almoçarmos na casa da Si Suk Maria Cristina e na sequência, vivenciarmos um trabalho com Si Suk Navarro do Cham Kiu na própria Casa dos Discípulos.
Já ao final da manhã, após Si Suk Navarro retornar, apareceu o Si Suk Fabio Matsushita , que não via desde muito tempo.  Saímos então a pé para o Supermercado comprar ingredientes, bebidas e sobremesas. Enquanto caminhávamos,  clima era bem descontraído.  Si Suk Navarro brincava com Si Suk Matsushita e os assuntos eram todos interessantes. Eu particularmente, gosto muito desses momentos. Acredito que quando iniciamos nossa jornada no Ving Tsun, talvez por tudo ser muito novo, muitas vezes o protocolo fica acima da humanidade. E por vezes, temos conversas travadas ou formais demais. Com o tempo e o amadurecimento do entendimento da cultura do Mo Lam, a humanidade pode finalmente se sobressair , deixando que vivenciemos momentos de forma relaxada, com o Kung Fu agindo em silêncio.
No retorno a Casa dos Discípulos, surgiu o assunto de dissidentes da Moy Yat Ving Tsun de varias épocas, que agora fazem trabalhos paralelos , principalmente no estado do Rio, se apropriando indevidamente de termos , de propriedade intelectual ou simplesmente, deixando tudo confuso propositalmente ao novo praticante. 
Mais uma vez de forma muito relaxada, Si Suk Navarro expressou sua opinião a respeito destas pessoas com muita elegância e desprendimento. Nada que meu Si Fu já não tenha feito comigo por muitas vezes, mas como a relação Si Fu-To Dai compreende uma outra abordagem, na qual o desequilíbrio na relação e o cuidado para que o To Dai não faça do Si Fu um simples amigo, deixam muitas perguntas sem resposta e opiniões que não são dadas para que o To Dai chegue a suas próprias conclusões, sejam quais forem.
Já no meu caso com Si Suk Navarro, apesar da distância geracional, devido talvez ao meu tempo na Família e a proximidade , pude ouvir dele, como dito acima, de forma relaxada e elegante suas opiniões a respeito desse cenário, que junto das reflexões que já fazia ao longo do tempo das conversas com Si Fu, me ajudaram a chegar em alguma conclusões. Nesta caminhada, ainda surgiu a possibilidade de trabalharmos mais juntos com relação a internet, o que será ótimo para ambas as partes.


De volta à Casa dos Discípulos, encontramos Si Suk Hermano nos aguardando na porta. Então, finalmente juntos fomos até a residência da Si Suk Cris. Si Suk Bruna já estava por lá.
Antes do almoço começar, me foi possível ter uma descontraída conversa com os Si Suk Fabio, Hermano e Cris enquanto ela preparava a comida. Já Si Suk Navarro conversava com Si Suk Bruna na varanda, onde seria servida a refeição.
Nos foi possível partilhar de uma deliciosa macarronada feita pela Si Suk Cris , num clima muito agradável entre sorrisos e boas histórias. Sem dúvidas, um dia inesquecível.

In spite of the sun, it was a cold morning when the House of Disciples phone rang. I jumped down the stairs, but it was not enough to answer. Finally back to the room, where Si Suk Navarro was still awakening, the phone rang again. It was Si gung, and he asked us to escort his father to a certain appointment that morning.

As I have some work commitments external to the Ving Tsun, I stayed in the House of Disciples, since Si Suk Navarro said that my presence was not indispensable. On that day, we would have lunch at the home of Si Suk Maria Cristina and then we had to work with Si Suk Navarro the Cham Kiu in the House of Disciples.

Already at the end of the morning, after Si Suk Navarro returned, Si Suk Fabio Matsushita appeared, which he had not seen for a long time. We then walk to the Supermarket to buy ingredients, drinks and desserts. While walking,  we were well relaxed. Si Suk Navarro played with Si Suk Matsushita . I particularly like those moments. I believe that when we begin our journey inVing Tsun, perhaps because everything is very new, often because we put protocol above humanity. And sometimes conversations are too formal. With the time and maturity of understanding the culture of Mo Lam, the humanity can finally stand out, letting us experience moments in a relaxed way, with Kung Fu acting in silence.

Upon returning to the House of Disciples, the subject of dissidents of the Moy Yat Ving Tsun of various eras, who now do parallel work, in the state of Rio, have appropriated wrongly of terms, of intellectual property or simply, leaving everything confusing purposefully to the New Practitioner.

Once again very relaxed, Si Suk Navarro expresses his opinion on people with great elegance and detachment. Nothing that my Si Fu did not do with me for many times, but as the Si Fu-To Dai relationship understands another approach, in which the imbalance in the relationship and care for To Dai not to make Si Fu a simple friend, Many questions and answers To Dai come to their own conclusions, are what they are.

It is no longer my case with Si Suk Navarro, despite the generational distance, his good in the family and the proximity, I could hear from him in a relaxed and elegant way his opinions about the scenario, that next to the reflections that already Making the Long time of the conversations with Si Fu, helpped in some conclusions. In this walk, there were still a possibility of work, but all agreements with the internet, which will be great for both parties.

Back in the House of the Disciples, I find Si Suk Hermano waiting for us at the door. So we finally went to a Si Suk Cris residence. Si Suk Bruna was already there.
Before lunch, we had a conversation with Si Suk Fabio, Hermano and Cris while she prepared the food. Si Suk Navarro was already talking to Si Suk Bruna on the balcony where the meal would be served.
We were able to share a delicious pasta made by Si Suk Cris, in a very pleasant atmosphere between smiles and good stories. Without a doubt, an unforgettable day.
(Si Fu, Si Baak Nataniel e Si Baak Anderson)

Algumas milhas dali, na residência do Si Gung em Salto a pedido do mesmo. Si Fu, Si Baak Nataniel e Si Baak Anderson, passaram o dia juntos dele para uma espécie de coroamento justamente da etapa conhecida por "Do Faat".  Esse encontro tem uma perspectiva histórica, pois estes três Mestres Seniores, fizeram parte do primeiro grupo de Mestres Titulados da Linhagem Moy Yat na América do Sul. Si Baak Renato Almeida que também fez parte daquele grupo, poderá vivenciar esse mesmo processo em sua próxima visita ao Brasil.

A few miles from there, at the residence of Si Gung in Salto at the request of him. Si Fu, Si Baak Nataniel and Si Baak Anderson, spent the day together with him for a sort of crowning from the stage known as "Do Faat." This meeting has a historical perspective, as these three Senior Masters were part of the first group of Masters of the Moy Yat Lineage in South America. Si Baak Renato Almeida, who was also part of that group, will be experiencing this same process on his next visit to Brazil.
(Aguardando o embarque para o Rio no final da noite de Domingo 
com Si Fu no aeroporto de Congonhas)

(Waiting for the airplane to Rio late Sunday night
With Si Fu at Congonhas airport)

Si Fu frisou nesta viagem a importância dos registros de Vida Kung Fu para o futuro das Famílias Kung Fu do Clã Moy Jo Lei Ou, para o Grande Clã Moy Yat Sang, e inclusive para a Linhagem Moy Yat, como já vem sendo feito nesta página desde 2007. Si Fu pretende investir cada vez mais em processos de Vida Kung Fu e esses registros nos permitem a reflexão sobre as experiências vividas para depois finalmente escrever sobre elas.
Quando escrevemos sobre algo assim. Nós vivemos a experiência, nós pensamos sobre ela, e nós ajustamos a linguagem para a melhor comunicação com terceiros. E quando nós fazemos esse ajuste, acabamos por ajustar a linguagem para nós mesmos também. Pois se estamos escrevendo, acabamos por nos ler, se estamos falando, acabamos por nos ouvir . Por isso, muito da resignificação de momentos difíceis de "Vida Kung Fu" , vêm quando se escreve para terceiros com responsabilidade. 
Por isso, para os membros do Clã Moy Jo lei Ou, este processo de registro a pedido de Si Fu, precisa ser valorizado. 

Si Fu emphasized in this trip the importance of Kung Fu Life records for the future of the Kung Fu Families of Clan Moy Jo Lei Ou, for the Grand Clan Moy Yat Sang, and even for the Moy Yat Lineage, as already done on this page Since 2007. Si Fu intends to invest more and more in Kung Fu Life processes and these records allow us to reflect on the lived experiences and then finally write about them.
When we write about something like that. We live the experience, we think about it, and we adjust the language for the best communication with third parties. And when we make that adjustment, we end up adjusting the language for ourselves as well. For if we are writing, we end up reading, if we are speaking, we end up listening. Therefore, much of the resignification of difficult moments of "Kung Fu Life" come when written to third parties with responsibility.

Therefore, for members of the Clan Moy Jo Lei Ou, this registration process at the request of Si Fu, needs to be valued.

The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@Gmail.com